Governo Municipal.

Defesa Civil

 


Saiba mais sobre o Plano de Contingência e Proteção e Defesa Civil. Clique nos links a seguir e veja os arquivos:

………………………………………………..

Defesa meia………………………………………………..

FITA

As chuvas que atingiram o município no mês de janeiro afetaram vários pontos e deixaram pessoas desabrigadas, mas ninguém ficou ferido. O período que mais causou prejuízos foi durante os dias 15 e 16. De acordo com a Defesa Civil, houve deslizamento de terra e trinca de solo.
As ruas que sofreram com a chuva foram: Caixa D’água, São João Marcos, Ernesto Glória, Jatobá e Travessa da Caixa D’água (Morro do Estado); Mariano Pereira Gonçalves Junior, Prefeito Antônio Grijó Filho, Beira Linha, São Cristóvão, Joaquim Cardoso (Rio Claro); RJ-155 e Rua da Itaoca (Lídice).

Wilton Goulart, coordenador da Defesa Civil de Rio Claro, informou que 107 pessoas estão desalojadas e 19 famílias – 66 pessoas – ocupam as dependências do Centro Municipal de Ensino São José. O restante está em casas de parentes ou alugaram um imóvel.
A Defesa Civil de Rio Claro já está tomando as providências para o retorno de algumas destas famílias para suas residências, de acordo com o laudo emitido pelo Departamento de Recursos Mineiras Estado Rio de Janeiro (DRM).

Atendimento às famílias

Enquanto isto, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos está acompanhando as famílias abrigadas no São José. Cátia Batista, subsecretária, informou que após o incidente causado pelas chuvas, foi obedecido o Plano de Contingência do município e as famílias foram cadastradas e conduzidas ao colégio. Em seguida, a Prefeitura disponibilizou um caminhão para transportar os pertences deles. A Assistência também disponibiliza atendimento com psicólogos, assistentes sócias e profissionais de Educação Física aos desabrigados. Além disso, foram encaminhados alimentos e demais itens doados por empresas, entidades e munícipes.
A Secretaria de Saúde também enviou médico ao colégio para examinar algumas pessoas.

Trabalho de prevenção

A Prefeitura, através da Defesa Civil e da Secretaria de Planejamento Urbano, Obras e Serviços Públicos realizou acompanhamento e diversas melhorias para prevenir desastres piores. Esse trabalho constante é necessário para que sejam evitadas perdas maiores. Foram construídos muros de contenção em áreas de risco, em convênio com o Governo do Estado e foi disponibilizado Plano de Contingência com todas as orientações para os momentos de desastre. Além disso, construções, reformas, escavações, cortes de árvore passam por fiscalização da Prefeitura, já que podem gerar condições de risco.

Doações

A Secretaria de Assistência continua arrecadando leite e demais alimentos, itens de higiene e fraldas para as famílias desabrigadas que se encontram no São José. Quem puder doar, é só procurar algum dos pontos de coleta: sede da Secretaria, CRAS Passa Três, Núcleo de Assistência de Lídice, Casa da Cultura, SPA de Lídice e Hospital Nossa Senhora da Piedade.

Obras

Após esses acontecimentos, a Secretaria de Planejamento Urbano, Obras e Serviços Públicos iniciou o trabalho de limpeza nas áreas públicas atingidas pelos deslizamentos de terra. Também foi feito desbloqueio das ruas cujo tráfego foi interrompido pela queda de terra e escombros.

………………………………………………..

Defesa Civil

Defesa-civil-(8)

Dicas importantes:

Defesa-(2) defesa DEFESA-2 defesa-civil-(2) Defesa-Civil-(3) defesa-civil-(4) Defesa-Civil-(6) Defesa-civil

defesa

 

Defesa-Civil2