Governo Municipal.

Rio Claro participa de audiência na Alerj sobre construção naval

ALERJ

Na segunda-feira, dia 10, as comissões de Trabalho e Economia da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) promoveram uma audiência pública no plenário da Casa para discutir os impactos da nova proposta do governo federal que define uma redução de 50% da participação nacional nas compras da empresa.
O prefeito de Rio Claro, José Osmar de Almeida, participou da audiência, já que a medida afeta a economia do município, que vem sofrendo o impacto da desvalorização do setor, que causou o desemprego de muitos rioclarenses.
Em seu discurso, o chefe do executivo incentivou a união dos municípios para pressionar o governo federal a rever esta decisão e promover a valorização do setor. Segundo dados divulgados durante a audiência, na indústria naval em Angra dos Reis houve mais de 3,5 mil demissões desde agosto de 2015.
Durante o encontro, representantes dos sindicatos dos metalúrgicos de diferentes partes do estado do Rio de Janeiro afirmaram que a medida vai desvalorizar a mão de obra local e gerar ainda mais desemprego.
Os deputados presentes se comprometeram a levar a questão para a esfera nacional.